Marketing digital

A relevância do marketing de conteúdo para o networking

Três dos pilares do Marketing Digital, são: a criação de conteúdo, o processo de vendas e o networking. Para alcançar as suas metas é necessário conciliar todos eles.

Cover Image for A relevância do marketing de conteúdo para o networking

Três dos pilares do Marketing Digital, são: a criação de conteúdo, o processo de vendas e o networking. Para ter sucesso e alcançar as suas metas, é necessário conciliar todos eles.

O Marketing digital  atua em um meio no qual há um aumento de clientes e também de concorrentes. Para se destacar, a forma e a frequência na qual você pratica a promoção da sua empresa, atinge diretamente o resultado final. 

Mas não se desespere. A análise de concorrentes e a do público geram dados para que você possa embasar a sua estratégia de marketing, desse modo você pode estar sempre em constante mudança e, a cada dia, mais próximo da sua audiência. 

Essas estratégias são um pouco diferentes das do marketing tradicional. Por estarmos presentes nas mídias digitais temos que lidar não apenas com o que dizemos, mas também na forma que dizemos. 

Nesse caso, o mais apropriado, é que haja um estudo de marcas e de personalidades as quais você quer atrair. É com base nessas observações que você consegue distinguir qual é o tipo de conteúdo que agrada a sua clientela e como você pode se aproximar de possíveis parceiros de negócios. 

Desse modo, as empresas veem resultados investindo no marketing de conteúdo para redes sociais, blogs e, consequentemente, no marketing de busca. 

Há uma ordem para que essas ferramentas sejam utilizadas, por exemplo: o seu primeiro objetivo é ser encontrado. Logo, você deverá investir em técnicas de SEO que, ao serem seguidas, tornarão o seu site como um dos principais resultados de busca no Google

Mas por que você investiria nisso se você pudesse solucionar esse problema através do tráfego pago? Bom, ao ser encontrado na primeira página do Google e ainda fora da seção de anúncios, você gera uma boa primeira impressão ao cliente ao gerar tamanha credibilidade. 

Além disso, com o tráfego orgânico, você investe na criação da sua própria audiência sem depender de uma rede social ou plataforma específica. Isso lhe dá segurança para investir e autonomia.  

Esse método serve mais para blogs e páginas no Google, mas existe outro método de se tornar conhecido: atuando nas redes sociais. Desafiador, não é? 

Mesmo que não seja o seu foco, é necessário agitar as redes sociais com posts e interações de vez em quando. Além de chamar pessoas para o conteúdo que você lança no blog, você pode estar aprimorando o seu networking, mesmo que aos poucos.

É por meio das redes sociais que a empresa constrói uma audiência qualificada e sabe a hora certa de falar com o público, mas é por meio de blogs e sites que a sua empresa pode ficar conhecida e ser encontrada no Google.  

Esses hábitos tornam a sua marca mais humanizada, o que chama mais clientes e faz com que eles fiquem e indiquem o seu produto. O marketing digital é como networking, ele tem o objetivo de evolução, mas a construção de um relacionamento é tão importante quanto e isso se dá por meio de troca de conhecimento. 

O papel do marketing não é apenas o de gerar vendas, mas o de criar relacionamento entre cliente e marca. Procure investir na construção de um público fiel e não apenas em compradores midiáticos. 

Marketing de Conteúdo e o Inbound Marketing

O Marketing de Conteúdo é sobre o nicho do mercado. Ele não trata somente da publicidade, mas conduz a audiência. Ele não trata sobre as necessidades da empresa, e sim sobre o que o cliente precisa.

Existem alguns princípios do marketing de conteúdo, como: o aumento da audiência da internet em conjunto com a interação dos usuários nas redes sociais; o ganho de confiança dos clientes antes de adquirir o produto e o relacionamento com ele após a aquisição; a realização da publicidade e propaganda do produto de forma espontânea. 

A produção de conteúdo se baseia em construções de artigos para sites, e-books e posts nas redes sociais. Mas essas informações não devem ser construídas de qualquer maneira, pois, além de enriquecedoras, devem ser bem planejadas com base em um objetivo

Ou seja, deve ser relevante ao ponto do seu público finalizar a leitura satisfeito por ter sido um conteúdo que somou para o seu conhecimento ou, então, que lhe trouxe ideias. 

Há alguns critérios durante a produção de posts, textos, vídeos ou artes que devem ser seguidos. Eles englobam princípios do networking por terem um viés semelhante. Um deles é a construção das publicações como um meio de comunicação para que o seu público possa se informar sobre questões do dia-a-dia. 

Por exemplo: A ClickCard é especialista em Networking e o seu produto (cartão de visita digital interativo) auxilia na comunicação, sendo ela tanto presencial como digital entre clientes e parceiros de negócios. Nesse caso, o seu conteúdo deve abranger assuntos como o marketing digital, pois, para ter êxito em um networking, é necessário ter uma boa presença nas mídias digitais. 

Dessa maneira, a ClickCard cria blogs para auxiliar os seus consumidores no processo de networking. Dessa forma, ela não entrega apenas a ferramenta como também auxilia em como usá-la. 

O ideal é que haja um equilíbrio entre o conteúdo informativo e a publicidade, mas que ambas sejam feitas de forma natural e fluída. 

O Inbound Marketing tem os seus fundamentos interligados com as características do marketing de conteúdo, como o fato de gerar conteúdo de qualidade nas mídias digitais e, por meio dele, atrair mais clientes.  

Além disso, ele também preza pela conquista e priorização da satisfação do seu público para manter o contato após a compra. A diferença é que as suas ações não são feitas apenas nas redes sociais ou blogs como também pelo e-mail, a onde a empresa pode divulgar ofertas e promoções. 

Com isso, ele sabe distinguir melhor quais clientes estão mais propensos a adquirir o produto ou serviço, gerando mais resultado para a sua empresa por meio da análise de desempenho. 

A função do Inboud Marketing é saber quem vai comprar agora e quem vai deixar para depois. Para isso é necessário oferecer uma proposta atrativa por meio do marketing de conteúdo, chamar para visitar o seu site e estudar as suas propostas para que se torne cliente.

Mas não para por aí, após a compra é necessário continuar a divulgação e tornar o relacionamento com o cliente permanente. Isso aquecerá a clientela, não apenas para continuar a utilizar o seu produto, como também para indicar para outras pessoas. Há serviços que aproveitam para fornecer um efeito de rede, caso o serviço seja uma plataforma que com a indicação, o usuário ganhe um desconto ou promoção. 

De fato, existem vários tipos de marketing e isso tem crescido com o passar do tempo. As empresas estão se conscientizando a cada dia e isso torna a internet mais rica em informação e na forma que ela transmitida.

"Mas como se destacar entre tantos?" - você deve se perguntar. Separei algumas dicas para você, leia a seguir. 

Técnicas de SEO

Através de dados fornecidos pelo próprio Google, é possível analisar o engajamento da página

Há algumas regras a serem seguidas para que o seu site, blog e postagens nas redes sociais se tornem relevantes para o Google. Como a tecnologia está em constante mudança, tais técnicas podem ser alteradas com o tempo, mas as suas ideias permanecem as mesmas. 

O SEO tem vários nichos, desde a programação até a criação de conteúdo. Ou seja, tudo o que compõe uma página, todas as suas áreas de criação envolvem técnicas de SEO.

Quando estamos escrevendo um conteúdo, não devemos nos importar apenas com a parte escrita, certo? As imagens, infográficos, podcasts e vídeos deixam tudo mais interessante. A ideia da construção de um blog é a de trazer a informação de forma interessante e de forma aprofundada. Introduzir outras formas de comunicação, como a visual, é uma boa técnica para que o seu blog se torne mais didático e longe de ser considerado um conteúdo maçante.

“Mas eu posso usar outros elementos da maneira que eu quiser?” - Você deve se perguntar. A resposta é não. Mas nada que torne o seu jeito de construir conteúdo algo engessado, eu prometo. 

Vou te dar um exemplo: na construção de um blog e na customização deste, você deve usar 3 imagens a cada 1.000 palavras.  Um outro exemplo é a própria forma de estruturação desse parágrafo. Pelo fato do Google ler em algoritmos, não escreva números por extenso.

Viu? O conteúdo que você escreve e a sua ideia permanecem, apenas a sua formatação é diferente. Nesse caso, listei para você algumas técnicas que podem te ajudar. Vamos lá! 

Estrutura do texto 

O planejamento e estruturação de um blog

Bom, como dito antes, para deixar o seu texto mais limpo e fluido, condizente ao fluxo de raciocínio do leitor, deve-se fazer, na maior parte do texto, períodos curtos. Como este. 

Isso acontece porque a probabilidade de tornar a informação confusa, cresce com o aumento do período. Você não precisa informar de maneira superficial, apenas quebrar suas informações em pedacinhos. Dessa maneira a coerência permanece e o leitor consegue ler o seu texto de maneira mais ágil.

Mas tudo depende da forma que é escrita. Você compreende isso ao ler o período acima? Ele ficou confuso para você mesmo sendo um período mais longo que os demais? 

Veja, as regras são criadas com um intuito. Como a internet está em constante mudança, você tem que se apegar às suas ideias. Essa é uma dica especial minha e varia de escritor para escritor. 

O intuito é fazer com que o seu texto não tenha vestígios de ruídos que possam dispersar o leitor do texto. Com a prática você consegue construir um texto de forma coesa e sem se preocupar com o tamanho dos parágrafos.

Mídia do blog

Você pode escolher as imagens, vídeos e podcasts que quiser para colocar em seu blog. A ideia da mídia é que ela informe o leitor de outra maneira além do texto. 

A informação se torna mais limpa e nítida ao se tornar mais interativa. Dessa forma, você alcança mais leitores ao acrescentar e aprofundar mais sobre o tema abordado.  

“Mas a minha empresa não tem podcast!” - Você afirma e eu pergunto: “Mas você escuta algum que passa informações que condiz com a entonação da sua escrita para recomendar?” 

Um dos meios para que o seu blog se torne conhecido, é fazendo referência ao conteúdo de outras empresas. Além de ser um meio de fazer networking, as pessoas te dão mais credibilidade por você prezar pela qualidade da informação, conscientizando-as de onde você tirou tal informação.

Links internos e externos

Para que servem os links e por que eles se tornaram uma técnica de SEO? Bom, o Google torna a sua página cada vez mais relevante dependendo do tempo que cada usuário permanece nela.

Com os links internos, você colabora para que o leitor fique ainda mais tempo no seu radar. Para que o leitor permaneça na sua página mesmo a pós a finalização da leitura de um texto, com o link interno ele pode considerar ler mais algum blog seu que envolva outro assunto referente ao tema anterior.

“Mas se eu quero que o usuário permaneça na minha página, por que colocaria um link externo?” Bom, além de gerar credibilidade, quando você faz referência a um site maior, é possível ser visto. Esse ato pode desencadear um novo contato ou alguém que faça referência ao seu blog futuramente.

O papel do link externo também é o de informar de onde você tira tais informações, principalmente se forem referentes a dados estatísticos. Isso faz com que o seu leitor confie em seu conteúdo e se torne uma audiência permanente.

O networking trabalhando em conjunto com o Marketing digital

As redes sociais também estão presentes no networking presencial

Você deve se perguntar como fazer networking com o marketing digital, né? Bom, eu vou te dizer uma coisa: ambas as ferramentas são formas de comunicação para atrair parceiros, clientes e audiência. São apenas técnicas diferentes que se complementam e devem andar de mãos dadas. 

A sua presença no meio digital influencia muito no seu networking, como também a tonalidade do seu conteúdo e a credibilidade em que ele é envolvido. Para um evento de networking, a primeira impressão é muito importante e as pessoas tendem cada vez mais a te conhecer por meio de uma visita em suas redes sociais. Então não invista apenas na quantidade de posts, mas também na qualidade deles. 

Você pode saber mais sobre networking e marketing digital em outros posts do nosso blog e, caso queira nos acompanhar, pode nos seguir nas redes sociais para que se mantenha informado sempre quando postarmos um novo.

Você gostou ou quer que façamos um blog sobre algum outro assunto ainda não tratado aqui? Comente ou entre em contato para uma sugestão de pauta, a sua ideia será bem-vinda!

Copyright 2021 ClickCard ©. Todos os direitos reservados.